Medo da morte

Antes deixo claro que o medo não é da morte mas dá ansiedade e duvida se haverá dor durante e pós o processo. Portanto vamos decifrar o que é medo, dor e morte é por fim uma possível solução para tal medo.

Dor é um processo nervoso/neural – desconforto.

Medo é um processo de sobrevivência, sendo nervoso/neural/sistemático psicossomático.

Morte é o fim de um ciclo físico para renovação/reciclagem fazendo parte do processo da natureza de um ecossistema auto sustentável. Sente se uma perca, ou medo do vazio solitário.
Conclusão medo da morte é:

Medo de sentir dor durante a mudança de um ciclo.

Solução: 

aceitação reduz a ansiedade da dor de perda. Durante o processo de “passagem”, o famoso desprendimento é possível amenizar desligando algumas redes neurais, assim havendo uma perca de consciência que já é o desprendimento. Dessa forma não é sentido o processo de passagem/transição/reciclagem/morte.
Resumo: 

Antes de entender e solucionar esse medo é necessário entender que o medo da morte não existe, o que existe é um processo chamado instinto de sobrevivência do qual induz uma resposta de ser “necessário” estar vivo. Com isso o cérebro é programado pra manter o corpo vivo. Porém todavia é necessário entender que de onde viemos um dia retornaremos, somos pura energia e sem entender isso fica difícil aceitar que a morte não é uma perca, é uma renovação, uma reciclagem e que a vida foi na verdade um sonho que desejamos experimentar um dia. Essa experiência também chamada de projeto terra é como um sonho coletivo a nível energético que faz experienciar as mais variadas formas e por isso nenhuma experiência é como a outra. Daí surge o contexto do observador, assim como num sonho tudo parece tão real, a vida é um sonho de Deus para experimentar todas as possibilidades. Portanto a dica é, experimente bastante o que chama de vida para que quando acordar saiba que cumpriu sua missão nesse grande projeto.

Fonte: a fonte universal.

Quarta feira dia 30 de novembro de 2016.

Mensagem do Além.

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  

Compartilhe esse Bem